CASES

Inspeção de produtos químicos e petroquímicos para a Braskem

Desde a criação da Braskem em 2002, a Saybolt mantém uma importante parceria com a maior indústria petroquímica da América Latina, trabalhando incessantemente no desenvolvimento de novos métodos de análise em função das mudanças na cadeia de produção e suprimentos do cliente ao longo dos anos.

Com laboratórios nos portos de Aratu (BA), Santos (SP) e Rio Grande (RS), a Saybolt responde por boa parte do volume de análises de produtos e materiais para a Braskem. Desse modo, o volume e a qualidade da produção da empresa são rigorosamente atestados desde a saída da fábrica até o embarque para comercialização. As condições de qualidade nos ambientes de estocagem e transporte dos produtos também são medidas para evitar perdas e contaminações.

Saybolt atende a Petrobras na Bacia de Campos

O controle de qualidade e da produção de petróleo e gás é decisivo para a cadeia de exploração petrolífera. Atuando com uma equipe de técnicos químicos no Laboratório Central da Petrobras em Macaé, a Saybolt é responsável pelo processamento de análises físico-químicas, microbiológicas e organolépticas em mais de 6000 amostras por  mês nas mais variadas matrizes como água potável, efluente sanitário, efluente industrial, gás,  petróleo e derivados ,provenientes de mais de 50 Plataformas de produção de petróleo das bacias de Campos, Santos e Espirito Santo, em atendimento às normas de órgãos como ANP, CONAMA e Ministério da Saúde.

No Norte Fluminense, a Saybolt mudou o perfil da prestação deste serviço junto ao cliente, agregando agilidade na entrega das respostas das análises e contribuindo com o aprimoramento dos procedimentos internos do cliente, visando a melhoria da produtividade e qualidade dos resultados obtidos.

Em visita do Ibama ao Laboratório da Petrobras, nossa equipe recebeu elogios formais como o melhor laboratório de análise de Teor de Óleo e Graxa (TOG) já visitado. Para garantir a agilidade  e confiabilidade necessárias ao serviço, a empresa também é responsável pelo fornecimento dos serviços de controle, calibração e manutenção dos equipamentos, materiais e vidrarias, assim como pelo fornecimento de todos os  insumos para o laboratório.

Controle de quantidade de carvão para a Vale

Desde novembro de 2010, a Saybolt realiza para a Vale a recepção e amostragem do carvão movimentado na descarga dos navios no Terminal de Praia Mole, localizado em Vitória (ES), emitindo relatórios da quantidade dos produtos descarregados.

O escopo do serviço inclui a coleta de amostras de produtos siderúrgicos, identificando-as e entregando-as ao cliente conforme os procedimentos indicados nas especificações técnicas. A coleta é realizada, preferencialmente, através de coletores automáticos alocados nas correias de descarga do terminal. O material eventualmente também é coletado na pilha no pátio de estocagem, quando solicitado pelo cliente.

A Saybolt também realiza a análise laboratorial do produto siderúrgico quando demandada, com o objetivo de avaliar a qualidade do carvão descarregado.

Controle da qualidade do açúcar para a Bunge

A Saybolt realiza controle de qualidade na descarga de açúcar bruto nos terminais de Ituverava (SP), Ourinhos (SP) e Araguari (MG). Em seu laboratório em Santos (SP), a empresa verifica se a qualidade do produto entregue pelas usinas está em conformidade com as especificações de compra do cliente.

Durante a descarga, os caminhões passam por amostragem, e os inspetores realizam o “teste do copinho”, ensaio qualitativo para verificar a presença de impurezas insolúveis que possam comprometer de alguma forma a qualidade final do pool. Semanalmente, a Saybolt realiza ensaios de polarização, cor ICUMSA, cinzas, umidade e resíduo insolúvel, com amostras compostas de cada usina, e emite relatórios de ensaio.

Análise de grãos em terminais portuários

A Saybolt realiza recepção, amostragem, classificação, pesagem e tombamento de caminhões e carretas carregados com grãos. A empresa também coleta amostras e realiza a classificação dos produtos transportados por vagão. Ela também acompanha os produtos nos locais de armazenagem, monitorando a qualidade, além de classificar e emitir relatórios de qualidade dos produtos embarcados em navios.

No Terminal de Produtos Diversos (TPD) Ponta de Tubarão, em Vitória (ES), a Saybolt realiza recepção, amostragem e classificação da soja, do milho ou do farelo de soja que entram no terminal, via vagões, emitindo relatórios de qualidade. A empresa também acompanha os produtos nos locais de armazenagem, monitorando a qualidade, além de acompanhar, classificar e emitir relatórios de qualidade dos produtos embarcados em navios, no píer.

Back to Top